Construction Workers

Imagem: Freepik

Na quinta-feira, 27/12, o Ex-Presidente Michel Temer aprovou, sem vetos, a Lei 13.786/2018 que regulamenta o chamado distrato imobiliário. A lei entrou em vigor no dia 28/12 após publicação no Diário Oficial.

Pela nova lei, os clientes que desistirem da compra do imóvel, negociado na planta, pagará multa de 50% à construtora para desfazer o negócio. O projeto de lei foi aprovado no início de Dezembro pelo congresso nacional e foi duramente criticada pelas entidades de defesa do consumidor, pois a nova multa está muito acima do que vinha sendo praticada pelo mercado, sendo aplicadas multas que variavam de 10 a 25% do valor pago para a construtora.

Por outro lado, a medida é bem recebida pelo mercado. As construtoras recebem a notícia com bons olhos, pois alegam que os prejuízos são altos quando ocorre a desistência da compra.

A lei legaliza, também, uma tolerância de 6 meses de atraso para as construtoras realizarem a entrega do empreendimento sem a necessidade de pagar multa ao comprador. Após esse prazo, segundo a proposta, o comprador tem o direito de pleitear a resolução do contrato com direito à restituição do valor pago, acrescido de multa pactuada no contrato.

janeiro 10th, 2019

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , , , ,

Postar um comentário

infomoney-credipronto-00_02_16_06-quadro008

Em entrevista para o quadro Mercado Imobiliário, da Infomoney TV, Matheus Fabricio, diretor da Rede Lopes, conversou com Ricardo Reis sobre a melhora do cenário econômico brasileiro e como o mercado imobiliário está acompanhando este crescimento.

A Lopes acaba de lançar um projeto único no mercado brasileiro: agora cada imobiliária e corretor associado tem seu próprio site dentro do Portal da Lopes. (mais…)

janeiro 8th, 2019

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

Em tempos de crise econômica, fazer a compra de um imóvel à vista para a maioria de nós brasileiros, não é uma realidade tão próxima. Deixar de pagar aluguel e ser dono de seu próprio lar é o desejo de muitos. Ainda que o sonho da casa própria pareça distante, o financiamento imobiliário pode ser a via mais recomendável para que você possa adquirir seu imóvel de uma maneira mais rápida. Para cada tipo de aquisição há um financiamento: Programas do governo, Bancos, e construtoras. As variedades de adquirir seu imóvel são muitas. Conheça suas diferenças,  prós e contras:

(mais…)

dezembro 18th, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , , , ,

Postar um comentário

Após definição eleitoral e redução de incertezas, mercado de imóveis residenciais promete entrar em um novo ciclo de crescimento; tradicionalmente fortes em lançamentos, novembro e dezembro devem concentrar mais da metade dos projetos deste ano.

Com o fim das eleições e a redução das incertezas, o mercado de imóveis residenciais deve entrar em um novo ciclo a partir do ano que vem. Em São Paulo, o número de novas unidades, até outubro, já havia superado o ano passado, e os lançamentos devem encerrar 2018 com alta de 5% a 10%, segundo analistas.

“Há sinais de um fim de ciclo para o setor e o crescimento mais expressivo do País no ano que vem, acompanhado de uma maior organização das contas públicas, deve favorecer a compra de imóveis”, avalia o executivo Carlos Terepins, da incorporadora Nortis, de São Paulo. “Algumas regiões, como a fronteira agrícola e São Paulo, devem se recuperar mais rápido.”

De janeiro a outubro, as vendas de imóveis cresceram mais de 40% em SP, ante o mesmo período do ano passado.  Centro visto do edifício Copan, no Centro. 22/01/2007. Foto: NILTON FUKUDA/AE

De janeiro a outubro, as vendas de imóveis cresceram mais de 40% em SP, ante o mesmo período do ano passado. 
Centro visto do edifício Copan, no Centro. 22/01/2007. Foto: NILTON FUKUDA/AE

Nos dez primeiros meses do ano, foram lançadas 18.011 unidades em São Paulo. Apesar de ser um ano eleitoral, em que as vendas costumam ser mais fracas, o número foi 21% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando foram lançados 14.856, segundo a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp).

A venda de imóveis também teve uma recuperação. Os dados mais recentes, que vão até setembro, apontam que nos nove primeiros meses do ano foram vendidas 18.067 unidades, alta de 41% em comparação ao mesmo período de 2017, quando as vendas totalizaram 12.810 unidades, segundo o Secovi-SP.

Para Luciano Amaral, da Benx Incorporadora, que tem foco em empreendimentos de valor mais baixo, o cenário é mesmo de otimismo, porque as incertezas diminuíram. A empresa projeta encerrar o ano com R$ 400 milhões em Valor Global de Vendas (VGV) e cinco novos empreendimentos, um a mais do que no passado.

“Como o represamento nas vendas e nos lançamentos foi grande, o ano que vem e o próximo devem ser de expansão”, diz. “Caso nada de grave aconteça na economia e se o novo governo der respostas aos problemas fiscais do País, com reformas, o mercado tende a deixar os anos de crise para trás.”

O presidente do conselho de administração da Cyrela, Elie Horn, é ainda mais otimista. Em entrevista publicada ontem pelo Estado, ele disse que espera um “boom” para o setor. As vendas acumuladas da companhia, de outubro a novembro, são de cerca de R$ 800 milhões.

Na Gafisa, nos nove primeiros meses de 2018, os lançamentos somaram R$ 609,7 milhões, um volume 31,5% superior ao que foi lançado no mesmo período do ano passado.

Fim de ano

Novembro e dezembro de 2018 devem concentrar mais da metade dos lançamentos do ano, fazendo com que 2018 supere o ano passado. “As incorporadoras deixam os lançamentos para o fim do ano, quando o consumidor tem mais dinheiro no bolso. Além disso, este ano ainda tem essa particularidade de representar um fim de ciclo na política”, diz Reinaldo Fincatti, da Embraesp.

Para Flavio Amary, do Secovi-SP, que representa as empresas do setor, o mercado está pronto para lançar mais, após ter se concentrado nos últimos anos em zerar o estoque e evitar novos distratos (como é chamada a desistência da compra).

As incorporadoras esperam que a regulamentação dos distratos saia até o fim do ano, o que também deve ajudar a aumentar a segurança para lançar mais. Na última semana, o texto foi aprovado pelo Senado e o projeto voltou para discussão na Câmara dos Deputados.

Amary também avalia que, a partir do ano que vem, o aumento da procura por novos imóveis pode pressionar os preços para cima. “Vai acontecer um novo movimento de valorização imobiliária. A expectativa é que a confiança do consumidor suba e a alta do preço dos imóveis volte a superar a inflação.”

Fonte: Estadão

dezembro 3rd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , ,

Postar um comentário

Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu antecipar a vigência do teto de R$ 1,5 milhão para o financiamento de imóveis com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com a decisão original de julho deste ano, o novo limite, aplicado para o Sistema Financeiro da Habitação (SFH), entraria em vigor apenas em 1º de janeiro de 2019.

Centro visto do edifício Copan, no Centro. 22/01/2007. Foto: NILTON FUKUDA/AE

Centro visto do edifício Copan, no Centro. 22/01/2007. Foto: NILTON FUKUDA/AE

Limite para operações no SFH era de R$ 950 mil. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

O CMN, formado pelo presidente do Banco Central e pelos ministro da Fazenda e do Planejamento, decidiu implementar o novo limite de forma imediata “diante do fato de o novo valor não implicar na necessidade de ajustes substanciais nos sistemas internos das instituições financeiras, diferentemente das demais alterações introduzidas pela referida resolução (de julho)”. (mais…)

outubro 31st, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

Veja como foi o brunch de lançamento da Lopes Alto Padrão  que aconteceu na última sexta-feira, 19 de outubro. O evento reuniu corretores associados e franquias com expertise no segmento de imóveis de luxo. 

(mais…)

outubro 22nd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

sp-1410x600

Segundo a pesquisa realizada pelo Secovi (Sindicato da habitação), em São Paulo no mês de Agosto de 2018 foram vendidas 2.581 unidades residenciais novas. Esse resultado é 67,4% superior em comparação a Julho, que foram vendidas 1.542 unidades. Em agosto do ano passado, foram vendidas 1.865 unidades, o que mostra um crescimento de 38,4%.

(mais…)

outubro 22nd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , , , ,

Postar um comentário

Todo corretor de imóveis deseja ter uma carreira bem-sucedida e encontrar o caminho para o sucesso. E assim como estamos em contato com pessoas de vários perfis, é fundamental entender que não existe uma fórmula mágica para aplicar a todos. Cada atendimento exige uma abordagem personalizada que faça o cliente se sentir único e bem assistido.

10-dicas-para-o-sucesso-do-corretor-de-imoveis

Leia 10 dicas que irão te ajudar a repensar suas práticas cotidianas e melhorar seu atendimento.

(mais…)

setembro 3rd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

resultados
Após o difícil período de crise econômica no país, o mercado imobiliário vem apresentando um reaquecimento gradual e que deve se consolidar em um futuro próximo. O ano começou com fortes expectativas e a Lopes apresentou excelentes resultados no segundo trimestre de 2018.

Intermediações

(mais…)

agosto 24th, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , ,

Postar um comentário

A partir de 1º de janeiro de 2019, os brasileiros que quiserem utilizar os recursos do FGTS para adquirir a casa própria poderão financiar imóveis de até R$1,5 milhão. O limite atual é de R$ 950 mil para imóveis em São Paulo, Rio, Brasília e Belo Horizonte e R$ 800 mil no restante do País.

casa-reduz

A mudança anunciada no dia 31 de julho pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é válida para financiamentos contratados dentro das regras do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que prevê juro máximo de 12% ao ano mais correção monetária pela TR.
O teto de R$1,5 milhão já vigorou temporariamente entre fevereiro e dezembro de 2017, e como a mudança não trouxe impacto negativo, a decisão foi de torná-la permanente.

(mais…)

agosto 8th, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , , ,

Postar um comentário