No segundo semestre de 2018, a Lopes lançará um portal especializado em imóveis de luxo. Ali terão mais de 5 mil ofertas de casas e apartamentos em bairros nobres de São Paulo. Todos os imóveis anunciados nesse segmento são com o valor acima de R$3,5 milhões ou arquitetura e tipologias especiais. Juntos somam por volta de R$ 20 bilhões em VGV (Volume Geral de Vendas).

imóveis de alto padrão

(mais…)

julho 3rd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

casasementrada1

 

Com tantos lançamentos de apartamentos, existem vantagens em comprar um imóvel pronto? A resposta para essa questão é um grande SIM! Mostraremos a seguir, alguns motivos pelos quais ainda é vantajoso realizar a compra de um imóvel pronto.

Na hora de comprar um imóvel é sempre bom saber o que quer, seja um apartamento, casa, a quantidade de quartos, e claro, quanto está disposto a pagar.  Nos últimos anos, o aumento de lançamentos, principalmente de apartamentos, aumentou 10,1% em 2017, em comparação a 2016, segundo dados do Secovi. A Zona Sul tem sido umas das regiões nas quais é realizada uma grande parte desses lançamentos. Essa quantidade de imóveis na planta, faz com que a compra de imóveis novos pareça ser o melhor negócio, porém, apesar de parecer contraditório, é justamente isso que torna a compra de um imóvel pronto vantajosa.

(mais…)

fevereiro 23rd, 2018

Publicado em: Mercado Imobiliário, Todos os posts

Tags:, , ,

Postar um comentário

Dia do Cliente

setembro 15th, 2017

Publicado em: Datas Comemorativas

Tags:, , , , , ,

Postar um comentário

dia-do-corretor

agosto 27th, 2017

Publicado em: Datas Comemorativas

Tags:, ,

Um comentário

Cropped image of business partners carrying briefcases on the foreground while their colleague standing on the background

agosto 11th, 2017

Publicado em: Datas Comemorativas, Todos os posts

Tags:, , , ,

Postar um comentário

Você já foi em algum shopping na sua vida? Já ouviu falar do Shopping Paulista? Acredito que sim (pelo menos para uma dessas duas perguntas). Sabia que você pode ser sócio do shopping que você frequenta? O melhor de tudo é que você poderia ser investindo apenas 100 reais. Parece que é brincadeira, mas é verdade, confira as formas de investimentos imobiliários.
Investimentos Imobiliários
Como investir no mercado imobiliário?
Basicamente, existem duas maneiras de investimentos imobiliários:
Uma das formas é você escolher um imóvel em uma ótima região e compra-lo. Para isso, você precisa obter um grande capital de investimento. Se você não possuir essa condição, não se preocupe, pois saiba que você pode investir de outra maneira, pelo fundo imobiliário.
O Fundo imobiliário,  é uma forma inteligente para um investidor adentrar nesse mercado tão promissor e rentável, que é o imobiliário.
Nessa opção, ao invés do investidor tomar a decisão de que imóvel vai comprar, ele se junta a outros investidores e, juntos, compram, não apenas uma unidade, mas o empreendimento por inteiro, a cada um cabendo uma cota em função do seu investimento. Assim, embora o investimento total seja muito alto, o negócio se viabiliza porque o empreendimento é dividido em cotas.
Dessa forma, ao invés de estar exposto a um único imóvel, o investidor dilui o seu risco, diminui a oscilação, o receio de acontecer algum problema. Se você tem um imóvel (investimento), imagina se não houver ninguém morando nele, você terá um prejuízo. Quando você tem cem, mil inquilinos você já não tem mais essa preocupação, pois se algumas pessoas não tiverem alugando, você tem outras. Então, o fundo imobiliário é também, uma forma inteligente de se investir nesse mercado.
Investimentos Imobiliários
+ 3 opções para investir no setor imobiliário
Rendimento do Fundo imobiliário
Alguns detalhes diferenciam a compra direta de um imóvel em relação ao fundo imobiliário.
Ao se investir no fundo imobiliário, o investidor recebe também um aluguel, que no fundo imobiliário é chamado de rendimentos, que, neste caso, são isentos ao imposto de renda para pessoas físicas. Já, investindo em um imóvel, há obrigatoriedade de se pagar o imposto de renda.
Três pontos sobre investimento:
  • Rentabilidade: quanto o investimento vai te dar de lucro no mês, no ano, enfim.
A rentabilidade, no fundo imobiliário, possui, praticamente, as mesmas características de que quando você compra o um imóvel.
Quando você investe em um imóvel, você espera pela valorização. Obviamente, isso nem sempre acontece, pois existe a chance de você comprar e perder valor (embora esse risco seja pequeno, hoje). Ainda, há o rendimento pelo aluguel.
No fundo de investimentos imobiliários, a ideia é a mesma. Se o empreendimento se valorizar, se ganha mais e a rentabilidade é proporcional às cotas de cada um. Se desvalorizar, as perdas também são diluídas entre todos. É o mesmo conceito.
Assim, quando você tem imóvel, você recebe um aluguel. No caso do fundo imobiliário, você também tem um aluguel, só que proporcional a quantidade de cotas dentro do fundo.
Lembrando que, no caso dos fundos de investimentos, não se paga Imposto de Renda. Vale ressaltar que a isenção só é válida pelo aluguel. No caso de valorização das cotas, em uma venda futura, é necessário pagar o Imposto de Renda referente ao valor da valorização das cotas.
  • Risco: volatilidade do mercado.
Mercados aquecidos, bairro em desenvolvimento etc, trazem aumento no valor dos imóveis e dos aluguéis, em ambos casos. O inverso também é verdadeiro. A grande vantagem do fundo imobiliário, aqui, é que se pode investir em cotas em diferentes imóveis, localizações etc, diluindo, assim, os riscos.
  • Liquidez: capacidade de se fazer dinheiro rápido com patrimônio ou investimento.
Um dos grandes benefícios das cotas em relação à compra de imóveis é que, até pelo valor, são mais fáceis de serem comercializadas.  Quando se necessita “fazer” dinheiro, coloca-se a parte que se quer vender na bolsa e, assim que vendido, o dinheiro já estará na conta do investidor em 3 dias. Obviamente, é muito mais rápido do que conseguir isso com um imóvel, por exemplo.

 

Investimentos Imobiliários

+ Por que investir em imóveis?

Quanto é preciso para investir?

Se você quer fazer investimentos imobiliários, não precisa investir milhões, você pode investir 100 reais em cotas de fundo imobiliário (Exemplo). Pois eles são vendidos em bolsas de valores, como se fosse uma ação. Imagine que você tem 100 mil reais investidos em um fundo imobiliário.
Se você tiver 1% de rendimento de aluguel/mês você vai pegar o dinheiro e poder reinvestir em novas cotas e/ou recomprar no mesmo fundo imobiliário (o que não é possível quando se investe na compra de um imóvel).
Assim, você pode aproveitar a entrada de recursos de baixo valor para poder investir e, ao mesmo tempo, quando precisar de dinheiro, ter a facilidade de uma maior liquidez.

Cuidados

Quando for avaliar um investimento você deve tomar cuidado, pois você precisa conhecer onde o fundo imobiliário que você está planejando comprar, investe os recursos dele. Porque, quando você compra essas cotas, você terceiriza essa gestão, mas fica com os riscos, também. Ter um gestor qualificado para tomar a melhor decisão, é muito importante.
Bem, o fundo imobiliário é bom para quem quer ter uma renda mensal, mesmo tendo pouco dinheiro para investir, e, também, para quem necessita de liquidez, pois, precisando de uma parte, ou de todo o capital, é só vender na bolsa (e essa operação pode ser rápida).

Investimentos Imobiliários

O que são CRI e LCI

LCI (letras de crédito imobiliário) é um título de crédito nominativo, de livre negociação, lastreada por créditos imobiliários garantidos por hipoteca ou por alienação fiduciária, conferindo aos seus tomadores direito de crédito pelo valor nominal, juros e, se for o caso, atualização monetária nela estipulada.
A LCI é emitida pelo credor do crédito imobiliário e deve representar a totalidade do crédito. São lastreadas em créditos imobiliários de vários empreendimentos.
CRI (certificado de recebíveis imobiliários), é um título de crédito nominativo, de livre negociação, lastreado em créditos imobiliários e constitui promessa de pagamento em dinheiro. O CRI é de emissão exclusiva das Companhias Securitizadoras de Créditos Imobiliários e só pode ser emitido com uma única e exclusiva finalidade: aquisição de créditos imobiliários.
Então, veja o quanto pode investir, escolha a melhor modalidade, avalie os riscos, e venha fazer parte desse mercado tão consistente e promissor, que é o mercado imobiliário.
Leia mais http://www.lopes.com.br/blog/mercado-imobiliario/investimentos-imobiliarios/#ixzz4hpQ55zM3
Under Creative Commons License: Attribution Share Alike
Follow us: @lopes_imoveis on Twitter | imobiliaria.lopes on Facebook

maio 22nd, 2017

Publicado em: Mercado Imobiliário

Tags:, , ,

Postar um comentário

Por em Mercado Imobiliário

No mercado imobiliário existem diversas divisões, uma delas é o de imóveis de luxo, que sempre foi uma das opções mais seguras para se investir. Normalmente esses imóveis estão localizados em bairros conceituados de grandes cidades.

Há quem diga que investir em um imóvel de luxo é investir sem riscos. Podendo-se até obter um retorno financeiro mais rapidamente, com a locação do imóvel.

 

imóveis de luxo

 

Valorização

Quando se tem um imóvel de luxo, a valorização do bem é imediata. Lógico que a localização, infraestrutura, grau de conservação, oferta e procura do mercado, entre outros, influenciam e devem ser considerados no processo de valorização.

Comércio e vias de acesso no entorno, também são muito importantes, assim como o transporte público, que podem interferir positivamente na valorização do imóvel de luxo. Algumas pesquisas apontam que o valor inicial do m2 é de R$ 16 mil, visando um público exigente e que, acima de tudo, procura por conforto.

Esse público de alto padrão valoriza imóveis com piscinas, salão de festas, espaço gourmet, SPA, sauna, quadra de tênis, área para animais de estimação, muitas vagas na garagem, elevadores privativos, entre outros.

Mesmo que a venda do imóvel não seja a ideia inicial, é importante pensar sempre em possuir um alto valor em patrimônio. Uma pessoa que considere as características do imóvel (localização, comodidade, infraestrutura e demais facilidades) terá mais chances de obter uma valorização para uma posterior venda.

 

imóveis de luxo

 

Investimentos

Existem, também, outras vantagens de investir em imóveis de luxo, como por exemplo, materiais de primeira linha que são componentes de maior durabilidade e que dão menos problemas com manutenção, consequentemente não precisando fazer reformas por um bom tempo. Localização privilegiada também é um ponto importante, pois ele é um dos principais itens almejados por essa classe de luxo. É muito importante saber se há/haverá investimentos no entorno do imóvel, pois eles poderão valorizá-lo ainda mais. Segurança entra, também, na lista de desejos do consumidor. Os itens que eles mais buscam são alarmes, portas resistentes, cofres, câmeras de segurança, bem como a existência de profissionais de segurança no imóvel.

Outro ponto a se analisar é: comprar um imóvel de luxo na planta ou pronto, para depois vendê-lo? As duas opções são interessantes para quem está em busca de lucratividade. Pode-se até encontrar preços abaixo do que se vê no mercado. Para quem busca essas opções, a melhor coisa a se fazer é procurar um especialista em investimentos imobiliários, para também analisar em detalhes o imóvel, inclusive a documentação.

Para finalizar, deve-se tomar cuidado, pois com a valorização do mercado, alguns imóveis que não são considerados de luxo, passaram a valer a base do valor do mercado de luxo.

Leia mais http://www.lopes.com.br/blog/mercado-imobiliario/imoveis-de-luxo/#ixzz4gnVkKJoV
Under Creative Commons License: Attribution Share Alike
Follow us: @lopes_imoveis on Twitter | imobiliaria.lopes on Facebook

http://www.lopes.com.br/blog/mercado-imobiliario/imoveis-de-luxo/#axzz4gUdxGiej

maio 11th, 2017

Publicado em: Mercado Imobiliário

Tags:, , ,

Postar um comentário

real estate agent gives the couple the keys to a new apartment

Uma das maiores dúvidas que se passam em nossas cabeças é qual o melhor momento para comprar um imóvel. De alguns anos para cá, tivemos uma valorização muito grande no mercado imobiliário, principalmente em São Paulo, o que elevou bastante o preço dos imóveis na capital.

Com a recessão da nossa economia nos últimos dois anos, iniciamos 2017 com muitas dúvidas a respeito do mercado imobiliário. Em post recente, falamos um pouco sobre as boas oportunidades para comprar um imóvel, mas será que não é melhor esperar? Ou agora é o melhor momento para comprar um imóvel?

Comprar um imóvel é uma questão muito particular

Embora existam ótimas condições momentâneas para se adquirir um imóvel, pode ser que o melhor momento para você não seja o melhor momento para outra pessoa. Primeiramente, a condição mais importante na hora de considerar uma compra tem relação com suas contas pessoais. Se você está em um momento mais confortável, deve pensar que um imóvel financiado pode comprometer, no máximo, 30% de sua renda. Se você está capitalizado e vai comprar um imóvel à vista, pode achar nesse momento alguns imóveis com valores mais em conta. Muitos imóveis estão com valores menores em razão da recessão e isso pode pesar a favor do momento de compra.

Financiamentos em melhores condições

Como já dissemos no post anterior, já citado acima, as condições econômicas estão se tornando cada vez mais favoráveis para qualificar 2017 como um bom momento para comprar um imóvel. Se as previsões estão mostrando que o mercado pode voltar a crescer, pode ser que uma nova onda de financiamentos faça com que os preços dos imóveis subam novamente. Além disso, com as taxas de juros caindo e a renda subindo aos poucos, pode ser uma boa hora de encarar um financiamento. Se você se encaixa nesse perfil, elimine os gastos desnecessários e tenha sempre uma sobra para poder honrar o financiamento. Controle seus gastos e tenha as receitas e despesas sempre marcadas na ponta do lápis.

Mercado imobiliário em bom momento para compra

Por outro lado, se você tem os recursos para a compra já nesse momento, considere fazer uma boa proposta, pois muitos imóveis estão com valores interessantes. Uma boa oportunidade para o momento são os condomínios horizontais (veja matéria da Folha de São Paulo que fala sobre o assunto, aqui, e nosso post sobre o assunto aqui). Com valores em queda, são uma ótima opção para quem quer morar com qualidade, na zona sul de São Paulo.

O melhor momento para comprar um imóvel, portanto, é aquele que trará a melhor relação custo x benefício para você. Mas sem atrapalhar as suas finanças.

março 17th, 2017

Publicado em: Dicas

Tags:, , , , ,

Postar um comentário

boas-oportunidades-de-comprar-um-imovel

Muita gente diz por aí que o ano só começa depois do Carnaval. A verdade é que muitas pessoas, de fato, começam a pensar em investimentos e em oportunidades após o Carnaval passar. Isso acontece por muitos fatores, desde o fato das férias de janeiro já terem passado, até o fato das aulas já terem começado. Mas existe um fator mais importante quando falamos em comprar um bem de valor agregado alto, como um imóvel: a direção da economia. No mês de março, já é possível enxergarmos uma tendência nas medidas da economia brasileira e quais caminhos mais prováveis que serão seguidos em 2017.

Queda da inflação e dos juros

Os especialistas têm feito projeções de inflação abaixo dos 5% (veja mais aqui). Esses números, muito melhores que os anos de 2015 e 2016, aliados às seguidas quedas das taxas de juros farão com que a renda familiar volte a respirar. A possibilidade de juntar mais recursos ou de assumir uma parcela de um financiamento traz uma possibilidade maior para se comprar um imóvel, seja usado ou novo. A Selic caiu pela 4ª vez consecutiva, para uma taxa de 12,25%, e a tendência é que continue caindo, com possibilidades de chegar a 9,5% no final de 2017 (saiba mais aqui). Com esses números, podemos pensar em um aumento do PIB (Produto Interno Bruto) o que, consequentemente, trará o reaquecimento da economia.

Além disso, é muito provável que as empresas voltem a contratar e que o desemprego caia no segundo semestre, outro fator importante para trazer a economia de volta aos eixos.

Comprar um imóvel ficou mais viável

Com esses indicadores, podemos pensar em uma melhora significativa no mercado imobiliário. Comprar um imóvel em 2017 pode ser um ótimo negócio, com preços mais acessíveis, maior acesso ao crédito e renda familiar mais valorizada. As primeiras impressões desse ano já mostraram que o preço dos imóveis vem caindo em relação aos anos anteriores, fruto da crise econômica e do baixo rendimento do setor. Isso cria uma janela de oportunidades para 2017, já que em 2018 já existem projeções de nova valorização no mercado imobiliário. O momento, portanto, é oportuno para comprar um imóvel.

De fato, o Carnaval trouxe ótimas notícias e oportunidades. Afinal, o ano começou!

março 2nd, 2017

Publicado em: Dicas

Tags:, , ,

Postar um comentário